quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Bordados Festivos - A nova clutch na Loja Thaís Melo

Para saber mais clique aqui
Uma das minhas brincadeiras favoritas na infância era criar histórias. Parte das minhas histórias era dar vida para as minhas bonecas.  Elas não tinham apenas nomes, mas elas tinham sua própria vida: aventuras, personalidade e peças de roupa. Um fato muito curioso é que sempre que elas tinham um evento importante, eu costurava peças novas, com a ajuda da minha máquina de costura do Snoopy. Mas para deixar tudo mais especial, eu fazia um bordado.

Eu não tenho mais as peças que eu bordei quando eu tinha oito anos de idade, mas eu tenho essa lembrança de criar algo especial pelo simples fato de bordá-lo.  

Para saber mais clique aqui
Um bordado, para mim, deixa tudo muito mais especial! Graças a esta lembrança que eu pensei: porque não levar os bordados para os dias de festa?!  

Então, é com muita alegria que eu apresento a vocês a clutch bordada na Loja Thaís Melo =)

Para saber mais clique aqui
Uma clutch toda confeccionada manualmente, com um lindo bordado floral! Uma mistura perfeita entre o tecido de algodão cru, linhas de bordado e um toque de dourado.  A peça ideal para dar mais personalidade em qualquer “look” em um dia de festa ou deixar o seu dia a dia muito mais festivo.

Até a próxima,
Thaís

Para saber mais:


quarta-feira, 8 de agosto de 2018

O que eu preciso ter para costurar? Meus 8 itens essenciais para costura.

Dicas de Costura

Hoje eu vou falar um pouco do que é essencial para mim na hora de costurar.  Para quem está começando a costurar, pode parecer intimidador a quantidade de itens de costura disponível. Porém, com o tempo, você aprenderá a identificar o que é essencial para você.

No post de hoje eu vou listar o que eu considero essencial e explicar o motivo de cada item ter entrado na minha lista =)

Dicas de costura


Tesoura para cortar tecido.
A tesoura é fundamental para cortar o tecido. Invista em uma boa tesoura que poderá te acompanhar por anos. A minha, por exemplo, era uma das tesouras da minha avó. Ela me deu quando eu comecei a costurar. Além de super resistente, ela tem muita história.

Tesoura para bordado.
Este não é um item indispensável se você estiver começando a costurar, mas depois que eu comprei uma tesoura para acabamentos, eu não consigo mais costurar ou bordar sem ela. Ela é uma tesoura ótima para cortar linhas que sobram na costura de forma simples e precisa.


Dicas de costura

Alfinetes.
Eu brinco que alfinetes tem vida própria: eles desaparecem de uma maneira impressionante! Por isso, alfinetes nunca são demais. Na hora de comprar alfinetes, invista em alfinetes de qualidade. Comprar alfinetes muito baratos pode parecer uma boa idéia, mas eles enferrujam com o tempo e isso pode manchar o seu tecido. Por isso, prefira investir em alfinetes com mais qualidade. Os meus favoritos são da marca Corrente.

Giz de costura e canetas que somem com água.
Depois de testar lápis, canetas que saem com água e giz, o meu favorito para riscar é o giz de costura. Ele marca a peça com precisão e sai do tecido com mais facilidade do que o lápis para costura, por exemplo.  Eu já usei as canetas que saem com água e são ótimas, mas eu ainda prefiro o giz na hora de marcar o tecido. Atualmente, eu uso o giz para fazer marcações maiores e a caneta para detalhes, principalmente quando eu bordo.

Papel pardo.
Papel pardo é outro material que eu nunca deixo faltar em casa.  Ele é fundamental para fazer moldes base, sejam eles de roupas ou de outros itens, como necessaires, capa de almofadas, etc.

Réguas.
Réguas são muito importantes para criar moldes, por isso, não posso ficar sem elas. Eu tenho uma régua reta de 60 cm, réguas curvas para cavas e quadril e um kit com réguas para curvas.


Dicas de costura


Linha branca e linha preta.
Por fim, as linhas que eu não deixo faltar em casa são a linha preta e a linha branca.  Elas são básicas e podem funcionar com diversas cores de tecido. Além disso, eu costumo bordar com a linha preta, por isso, elas não podem faltar.

Agulha para máquina de costura.
Eu nunca deixo faltar agulhas para máquina de costura. Ela podem quebrar ou entortar durante  a costura, por isso eu sempre deixo agulhas extras em casa.

É isso! Estes são os meus 8 itens essenciais para costura. Eu espero que essa lista ajude quem está começando a costurar a decidir quais os itens essenciais para investir.

Você tem algum item essencial que não apareceu na minha lista?

Até a próxima,

Thaís

Para saber mais:




quarta-feira, 1 de agosto de 2018

5 Dicas de como organizar tecidos e aviamentos.

Dicas de organização

No ano passado, meu irmão me perguntou se eu queria um antigo arquivo de metal e eu não pensei duas vezes antes de aceitar.  O arquivo seria ideal para eu guardar os meus tecidos.

Mas, apesar da novidade, eu coloquei todos os meus tecidos dentro do arquivo e sempre que eu mexia nele eu pensava: eu preciso organizar tudo isso!  

Em 2012, no comecinho do Landscape, eu escrevi um post com dicas de como organizar tecidos.  Hoje a minha organização é um pouco diferente, por isso, eu achei interessante fazer um post falando um pouco sobre como eu organizo tecidos e aviamentos hoje em dia.

A grande diferença entre a minha forma de organização entre 2012 e agora é que eu me tornei uma pessoa mais seletiva na hora de comprar e na hora de organizar também. Por isso, tanto o que eu compro quanto o que eu guardo são itens que eu realmente uso.  Outro ponto importante é que em 2012 eu tinha a ilusão de criar um craft room como uma pequena loja, ou seja, com tudo exposto. Ter um craft room bonito e inspirador é incrível, mas com o tempo eu percebi que certas coisas ficam bonitas, mas não são práticas ao longo do tempo.

Enfim, eu espero que essas dicas sejam úteis para vocês e os ajudem a deixar o seu cantinho da costura, além de organizado e bonito, super prático também =)

Dicas de organização

Guarde aquilo que você realmente for usar.
Não adianta guardar coisas apenas por guardar. Se tem algum tecido que você não goste, comprou por impulso ou não funciona mais para você, talvez não valha a pena guardá-lo. Por isso, doe para alguém ou procure uma forma de utilizá-lo que faça algum sentido para você.

Repense os seus retalhos e os transforme em enchimento de almofadas.
Em 2012, eu guardava todo o tipo de tecido. Todo mesmo! Eu tinha muitos retalhos pequenos e eu não sabia como usá-los.  Hoje em dia, eu transformo esses retalhos menores em enchimento de almofadas. Assim, eles não são descartados no lixo e ganham uma nova utilidade. Para isso, eu tenho duas lixeiras perto da minha máquina de costura, uma para o lixo e outra para os retalhos.

Dicas de organização

Além de separar os seus tecidos por tamanho, separe-os por tipo.
Algo que eu passei a fazer recentemente é separar os meus tecidos por tamanho e por tipo. Antigamente, eu separava tudo por cor, hoje, separar por tipo de tecido faz muito mais sentido para mim.  Então, na hora de organizar, eu separo os tecidos por tamanho e tipo. Tecidos com menos de 1 metro eu classifico como retalho. A separação por cor acontece quando eu tenho retalhos do mesmo tipo de tecido, por exemplo: retalhos de tricoline na cor azul. Então, eu os coloco no mesmo saquinho.

Dicas de organização

Etiquetas e saquinhos ajudam na organização.
Etiquetar e separar tudo em saquinhos me ajudou muito a deixar tudo mais organizado e prático.  Como eu comentei no item anterior, eu misturo tecidos diferentes apenas quando eles são retalhos e do mesmo tipo de tecido.  Caso contrário, eu coloco cada tecido em um saquinho próprio. Eu fiz o mesmo processo com zíperes, fitas e rendas.

Pense a longo prazo.
Apesar de parecer uma dica um tanto vaga, para mim ela é uma das mais importantes.  Sempre que você for organizar qualquer espaço, pense na sua organização não apenas para o dia da organização, mas pense nela a longo prazo.  Como ficará essa organização daqui a uma semana? Um mês? Um ano? Ela vai precisar de muita manutenção? E a limpeza? Como será feita?  Para mim, deixar tudo exposto, em vidros e prateleiras, não estava funcionando mais. A poeira me incomodava demais. Ficar limpando os vidros com aviamentos e as caixas com tecidos não funcionava mais para mim, assim como guardar todo e qualquer retalho de tecido. Por isso, antes de organizar qualquer coisa, se pergunte: o que é melhor para mim? A partir disso, organize da forma que mais faça sentido para você =)

É isso! Eu espero que essas dicas os ajudem a organizar melhor os seus tecidos e aviamentos e se você tiver mais alguma dica sobre organização, não deixe de dizer nos comentários.

Até a próxima,

Thaís

Para saber mais:

quarta-feira, 25 de julho de 2018

5 dicas práticas para deixar a renovação dos seus móveis mais simples e bem-feita.

Como reciclar móveis

Eu adoro renovar móveis!  Mas para renovar um móvel e ter um bom resultado, não basta apenas pintá-lo na sua cor favorita.  Você precisa pensar um pouco em todo o processo. Então, para ajudá-lo a ter o melhor resultado possível, eu listei cinco dicas práticas que são fundamentais para mim na hora de renovar qualquer móvel.

Elas me ajudam a ter um ótimo resultado, mas também transformam todo o processo em uma jornada de mais tranquilidade e calma. Além disso, possibilita que eu me divirta durante todo o processo, algo que é essencial para mim =)

Pense muito bem no seu projeto como um todo.
Assim como costurar, reformar um móvel envolve dedicação e um passo-a-passo a ser seguido. Por isso, não subestime o tempo que você levará para concluir o projeto.  Quanto maior a peça, mais tempo de trabalho.

Lixar em primeiro lugar.
Não importa se o móvel é feito de material cru ou tenha verniz, sempre lixe a peça em primeiro lugar.  Um móvel lixado terá um acabamento melhor e a nova pintura terá maior durabilidade.

Sempre pinte para a mesma direção.
Independente se você usa pincel ou um pequeno rolinho, sempre pinte para a mesma direção. Como eu comentei nesse post aqui, pintar uma peça na mesma direção, além de dar um melhor acabamento, pode criar a ilusão de veias de madeira em peças que não são feitas de madeira. Essa dica vale também para peças pintadas com tinta em spray!  O acabamento fica muito mais bonito =)

Deixe secar muito bem a peça após cada demão de tinta.
Deixar a peça secar por completo é fundamental! Eu sei que podemos ficar ansiosos para ver a peça pronta, mas deixar a tinta secar entre as demãos deixará o seu trabalho mais simples e o acabamento bem melhor.

Não se esqueça de finalizar a peça com verniz ou cera.
Depois que a peça for pintada, eu particularmente, gosto de finalizar o acabamento com verniz ou cera para madeira.  Eu acho que esse passo deixa a peça bem acabada e protegida. Atualmente, existem vários tipos de verniz e acabamentos, por isso, basta encontrar o produto que melhor se encaixe ao seu gosto. Se você gosta de brilho, use um verniz com brilho. Caso você prefira um acabamento fosco, use um verniz fosco ou até mesmo uma cera para um acabamento mais rústico e natural. Opções é que não faltam.

Essas são as minhas dicas para renovar móveis e ter um bom resultado. Nunca se esqueça de usar máscaras caso a tinta tenha cheiro muito forte ou na hora de lixar, principalmente se a peça for grande.  Mas o mais importante de tudo é você se divertir durante todo o processo e admirar sua peça renovada em um lugar bem legal na sua casa =)

Eu espero que tenham gostado das dicas e se alguém tiver alguma boa dica sobre como renovar móveis, não deixe de comentar.

Até a próxima,

Thaís

Para saber mais:



segunda-feira, 16 de julho de 2018

Eu Não Sei Costurar - Cinco dicas simples para a hora de comprar tecido


Entrar em uma loja de tecido, para mim, é como entrar em uma loja de doces =)

Eu fico encantada com as cores, texturas e estampas e, lá no fundo, eu gostaria de levar a loja inteira!  Apesar de eu adorar admirar as estampas, hoje em dia eu penso duas vezes antes de comprar um tecido.

Quando eu comecei a costurar, eu achava que eu deveria ter todo o tipo de tecido em casa. Eu queria ter minha “loja de tecido” particular, aberta 24 horas e sempre à minha disposição. Isso seria ótimo, mas com o passar do tempo eu percebi que essa idéia, na verdade, não era nada prática. Além da falta de espaço físico para armazenar todos os tecidos e retalhos, eu percebi que comprar tecido apenas por comprar era uma forma de desperdiçar material e dinheiro.

Então, fica a pergunta: Qual a melhor forma de comprar tecido?

Para mim, além de olhar a qualidade do tecido na hora da compra, outro fator importantíssimo é saber o motivo pelo qual eu estou comprando um novo tecido.  Para ficar mais simples, eu vou listar cinco dicas simples para ajudar você a comprar tecido da melhor forma possível.

Defina o seu projeto antes de sair às compras.
Quer costurar um vestido novo? Que tipo de vestido? Ele terá forro? Ele terá bolsos? Ele será comprido ou curto? O molde base está pronto e já há uma idéia da quantidade de tecido que será necessário? Ele será um vestido de festa ou um vestido para o dia a dia? Qual o tipo de caimento? Todas essas perguntas devem ser pensadas antes de sairmos para comprar o tecido. Pode parecer complicado, mas não é. Pensar no projeto pronto, no caso do exemplo do vestido, nos ajuda a visualizar a peça exatamente como queremos que ela fique. Isso faz toda a diferença na hora de comprar o tecido! Cria algo que eu gosto de chamar de foco.  Você não se distrai com mil estampas, porque sabe exatamente o que quer e vai à busca do tecido perfeito para o seu projeto. Por isso, pense no seu projeto, visualize o resultado final e compre com segurança do que quer.

Avalie o tecido antes de comprar.
Na hora de comprar o tecido eu sempre observo quatro pontos importantes:
  • O tecido está com a cor firme e viva?
  • O tecido aparenta ter alguma falha ou defeito na sua padronagem?
  • O tecido está sujo ou empoeirado?
  • O tecido tem falhas na trama (esgarçado ou com a estampa torta em certos pontos)?
Se eu responder sim para alguma dessas quatro perguntas, eu não levo o tecido por mais bonito que ele seja. Todas as vezes que eu ignorei esses pontos eu sempre tive problemas para costurar. Como eu já comentei nesse post aqui, para ter uma roupa com um ótimo caimento, além do molde, o tecido tem que fazer a sua parte também. Tecidos empoeirados devem ser evitados porque a poeira prejudica a sua cor. Lavar, muitas vezes tira a poeira e revela um tecido sem brilho, desbotado e marcado.

Cuidado com as promoções.
Promoções sempre soam como grandes oportunidades, mas cuidado com elas.  Muitas vezes o tecido está com um preço “imperdível”, mas, se ele for ruim, o que adianta?  Para economizar dinheiro e costurar com tranquilidade, não se deixe levar pelas promoções e sempre pense e analise o tecido antes de comprá-lo.

Escolha o tecido certo para a sua peça.
Não adianta comprar um tecido leve e lindo se você pretende costurar uma calça. Tecidos são diferentes e funcionam melhor com peças diferentes, sempre leve isso em consideração. Por isso, eu repito, planejar e saber o que você irá costurar ajuda MUITO na hora de comprar o tecido.

Preste atenção se a fibra do tecido que você vai comprar é natural ou sintética.
Uma vez eu ganhei um colete de alfaiataria e eu, como adoro coletes, decidi usá-lo em pleno verão carioca. Por não ter mangas, eu não pensei que teria problemas com o calor. Com o passar do dia, entretanto, o calor só aumentava e ao chegar em casa depois de um dia super desconfortável, eu me dei conta de que a causa do excesso de calor era o colete.  Ele era de poliéster (fibras sintéticas), ou seja, esquenta. Por isso, na hora de comprar o tecido, pense sobre a fibra.  Para roupas, tente escolher tecidos com fibras naturais, pois o conforto ao vestir a peça é muito melhor e o seu corpo “respira”. Essa dica é importantíssima principalmente se vc mora em lugares quentes.

E é isso!

Essas são dicas que eu sempre sigo na hora de comprar os meus tecidos e eu espero que elas ajudem vocês a comprar tecidos com mais confiança e a ter resultados cada vez melhores =)

Até a próxima,

Thaís

Para saber mais:

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Newsletter Thaís Melo, mais uma novidade criativa =)

Newsletter Thaís Melo

Eu adoro Newsletters!


Para mim, são como pequenas revistas digitais, onde eu posso ler as novidades dos blogs e sites que eu mais gosto.  Todos os dias pela manhã eu separo um tempinho do meu dia para ler as novidades que chegam pelo meu e-mail e eu adoro ter esse pequeno ritual.

Por muito tempo eu pensei em criar uma newsletter para o blog Landscape, mas a idéia nunca foi adiante pois o blog já possuía um feed de RSS e como eu só escrevia no blog, então, para mim, não fazia sentido criar uma newsletter falando apenas das postagens.  Para ter uma newsletter eu deveria ter “algo a mais para dizer”. Por isso, esta idéia ficou aguardando o momento certo de se tornar real.

Nos últimos dois anos eu comecei a desenhar cada vez mais e o Landscape, além da costura, começou a abordar outros temas como ilustração e bordados. Agora, em meio a novos projetos e tantas idéias, eu achei que era o momento perfeito de criar a minha própria newsletter!

Um lugar onde eu pudesse falar um pouco de todo esse meu universo, que hoje abrange linhas, agulhas, ilustrações e muitas idéias =)

Por isso, convido você a fazer parte da Newsletter Thaís Melo!


Receba em primeira mão um resumo do que está acontecendo no blog Landscape (costura e artesanato), as novidades em ilustrações e bordados na Loja Thaís Melo e nos portais Colab55 e Galeria9, além de ilustrações para downloads e links interessantes das coisas que me inspiraram no último mês!

Então? Como funcionará a Newsletter?

No início de cada mês, você receberá no seu e-mail um pequeno apanhado de tudo o que eu fiz e criei no último mês!

Eu preciso pagar alguma coisa?

Não!  O grande objetivo da newsletter é divulgar ainda mais o meu trabalho como artesã e ilustradora, além de falar sobre assuntos legais que me interessam e que poderão ser úteis para você.



O que eu preciso fazer para me cadastrar?

Basta colocar o seu e-mail e o seu nome na caixinha na lateral do blog e pronto =)

Eu espero que vocês gostem da novidade e desde já eu agradeço a companhia!

Até a próxima,

Thaís

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...